Discover Experience Açores - São Jorge EXPEDIÇÃO 2 DIAS Açores Azores

EXPEDIÇÃO 2 DIAS



Breve Descrição: A EXPEDIÇÃO 2 DIAS consiste na descida a uma das Fajãs mais remotas da ilha. Abandonada em 1980 por causa do sismo desse mesmo ano. O Sanguinhal é casa, agora de uma vasta e selvagem flora que habita nas antigas casas. É feito uma caminhada por um trilho muito antigo e selvagem. Depois de lá chegar é montado um acampamento a beira-mar. De seguida explorar-se-á a Fajã, visitando as grandes cascatas de 90 metros que ali existem. À noite faz-se uma fogueira, conversas de experiências ao som do mar que dançam com os barulhos da noite daquela Fajã. No dia seguinte é levantado o acampamento regressando ao Sul da ilha por barco. Caso as condições do mar não permitam sair por barco, o regresso terá que ser feito por trilho pedestre.

 

Dificuldade: Média/Difícil, devido ao desnível acentuado do percurso

 

Distância: aprox. 5 Km*

 

Cada quilómetro tem um tempo médio de 35min/Km.

 

Duração: 2 dias

 

Época de Atividade: Todo o ano (sujeito a alterações conforme condições meteorológicas)

 

Inclui: Guias, Seguros de Responsabilidade Civil e Acidentes Pessoais, Transfer, Tendas e Embarcação.

 

Limite Máximo de Pax: 10 pessoas

 

Nota: O equipamento da responsabilidade do praticante aconselha-se:

 

  • Vestuário leve e apropriado para caminhada (aconselhado para primavera/verão) e roupa mais quente e impermeável (aconselhado para outono/inverno);
  • Calçado como botas de caminhada com cano alto para reforço do tornozelo;
  • Uma mochila de 50 a 70L para levar os seus pertences;
  • Saco cama e colchonete (no outono/inverno aconselha-se saco cama mais quente);
  • Pertences pessoais;
  • Frontal ou laterna ;
  • Protetor Solar;
  • Bastões de caminhada (recomendável devido ao desnível acentuado do percurso);
  • Fato de banho ou calções e toalha (opção – aconselhado para o verão).

Na expedição cada pessoa deve responsabilizar-se pela sua comida para 2 dias.

 

Sempre que as condições do mar não permitam o embarque das pessoas, por questão de segurança, a saída terá que ser feita por terra, ascendendo até à Serra do Topo.